Distúrbios Alimentares Trazem Riscos à Saúde

03 Apr 2018 06:50
Tags

Back to list of posts

<h1>Dist&uacute;rbios Alimentares Trazem Riscos &agrave; Sa&uacute;de</h1>

<p>Pesquisa divulgada h&aacute; pouco tempo na Secretaria da Sa&uacute;de do Estado trouxe &agrave; tona um alarmante dado conectado &agrave; charada da alimenta&ccedil;&atilde;o: 77 por cento dos jovens paulistas - de forma especial as mulheres - s&atilde;o capazes de fazer dist&uacute;rbios alimentares como anorexia, bulimia ou compuls&atilde;o por comer. Doen&ccedil;as graves que tamb&eacute;m afetam as piracicabanas. A ditadura da beleza magra, como h&aacute; tempos alertam os especialistas, &eacute; a principal explica&ccedil;&atilde;o que alavanca o n&uacute;mero crescente de casos de anorexia e bulimia. E as mulheres, cada vez em idades mais jovens, s&atilde;o as principais v&iacute;timas desses males. E.S., Trinta e um, favorecer de administra&ccedil;&atilde;o, tornou-se anor&eacute;xica aos dezessete anos. Perdeu o apetite, peso e ficava boa parte do tempo em frente ao espelho.</p>

<p>N&atilde;o sentia fome nenhuma e passava o dia inteiro &agrave; base de bolacha salgada e &aacute;gua”, relata a piracicabana. Comecei a perder calorias todavia nem notava, para mim estava tudo normal. Quando me olhava no espelho, a mente doente dizia que eu estava gorda”, adiciona a mo&ccedil;a, que tem 1,60 metros e chegou a pesar trinta e nove quilos no auge da incerteza. Entre os danos &agrave; sa&uacute;de causados na anorexia, lista a jovem, est&atilde;o &agrave; anemia, queda de cabelo, afli&ccedil;&atilde;o nas articula&ccedil;&otilde;es e atraso na menstrua&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>Segundo ela, a “ficha s&oacute; caiu” no momento em que passou a sofrer de dois a 3 desmaios por dia. Seus apag&otilde;es aconteciam pela rua. At&eacute; logo eu n&atilde;o me rua como uma doente e me recusava a fazer qualquer tipo tratamento m&eacute;dico ou reeduca&ccedil;&atilde;o alimentar”, reconhece. Depois disso, foi procurar aux&iacute;lio m&eacute;dico. Passou por atendimento psicol&oacute;gico por quatro anos. Depois de uma sens&iacute;vel melhora (“quando voltei a me alimentar comia num prato de sobremesa”, recorda), E.S.</p>

<p>Meu est&ocirc;mago era menor, engordei somente sete quilos ao longo da gravidez inteira. Entretanto depois que minha filha nasceu tive uma reca&iacute;da violenta”, observa. Encontre aqui outras conte&uacute;do sobre este tema escrito http://www.michaelkorsoutlethandbagsclearances.in.net/dietas-emagrecimento/ .Ela, desta maneira, retornou ao tratamento m&eacute;dico com psic&oacute;logo e um endocrinologista. Se voc&ecirc; n&atilde;o aceitar que est&aacute; doente e precisa de assist&ecirc;ncia, n&atilde;o sai do buraco”, declara E.S., que considera fundamental o apoio da fam&iacute;lia e dos amigos. Perguntada se est&aacute; inteiramente curada ela &eacute; categ&oacute;rica: “N&atilde;o! Se eu expressar que estou cem por cento curada estou mentindo.</p>

<p>Acho que estou entre oitenta e cinco por cento e noventa por cento curada”, estima a criancinha, que hoje est&aacute; pesando cinquenta e dois,tr&ecirc;s quilos. Hoje eu n&atilde;o subo tal quanto antes na balan&ccedil;a”, compara. J&aacute; a jovem M.F., 26, que trabalha em uma organiza&ccedil;&atilde;o do Distrito Unileste, sofre pelo exagero. Ela alegou que “costuma roubar a geladeira de moradia mesmo no meio da madrugada”. M.F. sofre de compuls&atilde;o alimentar, mal que atinge de 2 por cento a 4% da popula&ccedil;&atilde;o do planeta, de acordo com a Liga Americana de Psiquiatria. Ela diz que quase “n&atilde;o tem freio” quando o assunto comida vem &agrave; tua mente e que o consumo excessivo de “fast food” e h&aacute;bitos sedent&aacute;rios ajudam a piorar o quadro. Inclusive at&eacute; quando n&atilde;o possuo apetite estou comendo.</p>

4970542978764b54pnb17llqotrsptbapmy73.jpg

<p>Nunca me sinto satisfeita. Por&eacute;m depois vem a culpa”, relata M.F., que reconhece a pr&oacute;pria obesidade. Passei dos 100 quilos, e tenho 1,66 m de altura”, acrescenta. O m&eacute;dico psiquiatra Dalton Maranha, que trata casos de transtornos alimentares em teu consult&oacute;rio, alerta que patologias como anorexia e bulimia se desenvolvem quando “a assimila&ccedil;&atilde;o de si pr&oacute;prio passa a sofrer dist&uacute;rbios e surge o terror excessivo de engordar”.</p>

http://www.michaelkorsoutlethandbagsclearances.in.net/dietas-emagrecimento/

<p>Dist&uacute;rbios alimentares requerem um acompanhamento multidisciplinar que envolve, um psiquiatra, um nutricionista e um endocrinologista, al&eacute;m de outros mais profissionais, orienta Maranha. A anorexia &eacute; caracterizada por um “desejo patol&oacute;gico de emagrecer” e um “intenso temor &agrave; obesidade”. Pela anorexia nervosa, a redu&ccedil;&atilde;o de peso acontece com uma redu&ccedil;&atilde;o s&eacute;rio e dr&aacute;stica da alimenta&ccedil;&atilde;o; exerc&iacute;cios f&iacute;sicos excessivos; utiliza&ccedil;&atilde;o, sem dire&ccedil;&atilde;o m&eacute;dica, de medicamentos que inibem o apetite, laxantes, diur&eacute;ticos e assim como pela provoca&ccedil;&atilde;o de v&ocirc;mitos”, listagem Maranha.</p>

<p>Al&eacute;m da perda de peso, outros sintomas s&atilde;o a insensibilidade, pele ressecada, mudan&ccedil;a de humor, ang&uacute;stia e des&acirc;nimo. Agora as pessoas bul&iacute;micas geralmente n&atilde;o deixam de se alimentar e n&atilde;o perdem peso. Comem compulsivamente e depois sentem-se culpados. Gra&ccedil;as a do horror de ganhar calorias, “criam artif&iacute;cios pra compensar essa culpa, como o v&ocirc;mito autoinduzido, al&eacute;m do uso abusivo de laxantes, diur&eacute;ticos e inibidores de apetite, dietas inadequadas e pr&aacute;tica excessiva de exerc&iacute;cios f&iacute;sicos”. Alguns sintomas da doen&ccedil;a s&atilde;o: a pessoa se ausenta depois de as refei&ccedil;&otilde;es, solu&ccedil;os frequentes e feridas na regi&atilde;o dorsal da m&atilde;o. Elas s&atilde;o consequ&ecirc;ncia do desafio da &uacute;vula para incitar o v&ocirc;mito. Botar a m&atilde;o na boca repetidas vezes para vomitar faz com que os dentes firam a m&atilde;o”, explica. A Secretaria Municipal de Sa&uacute;de de Piracicaba informa que n&atilde;o existe um programa espec&iacute;fico para o atendimento de transtornos alimentares.</p>

<p>Al&eacute;m do mais, os cereais integrais s&atilde;o abundantes em fibras, nutrientes que n&atilde;o s&atilde;o inteiramente digeridos pelo corpo, indo diretamente para o intestino, o que auxilia com a saciedade e pro n&atilde;o ac&uacute;mulo de calorias. Uma procura criada por uma universidade dos Estados unidos analisou, minuciosamente, a rotina alimentar de dois grupos de volunt&aacute;rios. O primeiro grupo foi orientado a substituir duas das principais refei&ccedil;&otilde;es di&aacute;rias por por&ccedil;&otilde;es de cereais integrais. Neste momento o segundo, foi direcionado a fazer refei&ccedil;&otilde;es com poucas calorias, por&eacute;m sem os cereais integrais, que s&atilde;o famosos por serem mais cal&oacute;ricos. Ap&oacute;s outras semanas, constatou-se que o grupo que adotou a dieta com ingest&atilde;o de cereais integrais havia perdido seis vezes mais peso do que o grupo que havia se alimentado com o card&aacute;pio de baixa caloria.</p>

<p>Os vegetais e os frutos s&atilde;o alimentos naturalmente saud&aacute;veis, dado que s&atilde;o repletas de vitaminas, fibras e sais minerais. Ao ingeri-los todos os dias, voc&ecirc; garante uma refei&ccedil;&atilde;o rica em nutrientes e miser&aacute;vel em calorias, uma receita perfeita para a perda de peso e queima de gordura. Mas, alguns vegetais e frutas s&atilde;o ainda mais amigos da dieta, segundo uma busca realizada na Universidade de Harvard, nos Estados unidos. A pesquisa acompanhou a rotina de consumo de frutas e vegetais de 130 1000 americanos durante vinte anos. A cada quatro anos, os volunt&aacute;rios respondiam a um question&aacute;rio sobre o assunto sua dieta e peso atual e os tipos de vegetais consumidos.</p>

<ul>

<li>Quatro horas ap&oacute;s o almo&ccedil;o consuma seis bolachas de &aacute;gua e sal</li>

http://www.bladi-annonces.com/tudo-que-devia-saber/

<li>seis Onde Adquirir</li>

<li>Post Referente: 10 Produtos Naturais pra Emagrecer Veloz</li>

<li>7 motivos para caminhar a p&eacute;</li>

</ul>

<p>Os pesquisadores notaram que, durante o tempo que o grupo que consumia frutas e vegetais sem amido tinham uma leve perda de peso, o grupo que consumia frutas e vegetais com amido tinham um leve acrescentamento de peso. A semente de chia &eacute; uma incr&iacute;vel fonte de fibras e prote&iacute;nas. Qualificado de controlar as taxas de colesterol fraco, ela pode ser adicionada a frutas, sucos, saladas, sopas ou abundantes outros tipos de alimentos.</p>

<p>N&atilde;o s&atilde;o apenas os seus h&aacute;bitos alimentares que s&atilde;o capazes de fazer voc&ecirc; ganhar calorias. Noites de sono mal dormidas tamb&eacute;m contribuem pra gera&ccedil;&atilde;o dos pneuzinhos. Essa foi a descoberta de um estudo das universidades alem&atilde;s T&uuml;bigen e L&uuml;beck apresentado em julho nesse ano, que analisou o jeito de 14 homens saud&aacute;veis, com peso normal. A falta de sono assim como inibe a libera&ccedil;&atilde;o de leptina, um horm&ocirc;nio supressor de apetite, dando origem a uma uni&atilde;o impec&aacute;vel pro ac&uacute;mulo de peso. Assim sendo, vale apostar no descanso para fazer as pazes com a balan&ccedil;a. Quem pensa que abrir m&atilde;o do caf&eacute; da manh&atilde; favorece para a perda de calorias est&aacute; enganado. Na realidade, o efeito conquistado ser&aacute; o oposto ao desejado.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License